construcao_civil

A importância do planejamento na construção civil

Você pode considerar que na construção civil o planejamento é tão importante quanto a execução.

Com planejamento, é possível acompanhar o desenvolvimento do projeto e prever ações que podem garantir preço, prazo e qualidade.

É no planejamento que você verifica se a sua empresa tem dinheiro de caixa suficiente para cobrir custos operacionais. Depois, é hora de avaliar se o projeto trará lucros ou não para a sua construtora. Fazer um estudo de viabilidade é muito importante nele podem ser levantadas informações como:

  •         Equipamentos e ferramentas a serem utilizados;
  •         Custo para execução da fundação;
  •         Custos e orçamentos para preparação do terreno;
  •         Custos de terceirização e/ou contratação de mão de obra;
  •         Prazos para cada etapa da obra;
  •         Custos dos projetos arquitetônicos, estruturais, elétricos, hidrossanitários, prevenção de incêndio, ambientais, entre outros;
  •         Custos da regularização e licenciamento de obra;
  •         Possibilidades de financiamento e condições de pagamento;
  •         Cronograma de obra organizado;
  •         Cálculo de Retorno sobre Investimento (ROI);

Além disso, é fundamental para a gestão de qualquer projeto de obras organizar o orçamento, além cronograma físico-financeiro e do controle de execução.

O orçamento da obra

A princípio, para saber se o projeto é viável, o recomendado é fazer um orçamento geral da obra. Ou seja, tornando o planejamento na construção civil mais ágil e assertivo. Anteriormente, usava-se planilhas. Mas hoje, com o advento da tecnologia, todo processo é automatizado em processos com os ERPs (sistemas de gestão).Inegavelmente, essa tecnologia tornou a integração entre as áreas mais fácil, possibilitando acompanhar todo o andamento das tarefas — tanto física quanto financeiramente. Dessa forma, há uma gestão completa do negócio

O cronograma físico-financeiro

Posteriormente ao orçamento, todo planejamento na construção civil precisa ter um cronograma que vai distribuir os custos por datas e etapas. Ou seja, essa “conta” físico-financeira tem relação com a previsão do tempo na qual os serviços vão durar. Ademais, obviamente com quanto irão custar, também. Enfim, é importante mapear as atividades e os custos, melhorando o fluxo de caixa e a previsibilidade geral da entrega do empreendimento.

O controle de execução

Já que esse tipo de controle deve ser feito com um acompanhamento constante de todas as tarefas em andamento. Assim, é possível garantir que a equipe atue de forma eficiente e organizada. Nesse ponto, pode-se pensar, por exemplo, sobre as opções de aumentar a equipe durante alguma etapa do projeto ou terceirizar o processo. Sendo assim, analisando o que é mais vantajoso. Durante a execução também se recomenda reajustar os prazos previstos, adaptando o que for necessário.

A importância do planejamento na construção civil

Durante todas as fases de uma obra, os gestores precisam tomar decisões. Sejam elas a partir de métodos que são fundamentais para atender os prazos, a qualidade e o orçamento do empreendimento. É por isso que o planejamento é imprescindível.

Além disso, com um cronograma bem feito, é possível considerar a disponibilidade da mão de obra, os índices de produção e metas, a integração do escritório com o canteiro de obras e toda a logística.

 

Fonte: https://www.sienge.com.br/blog/9-dicas-para-economizar-na-construcao-civil,

https://www.globaltec.com.br/2018/01/16/a-importancia-do-planejamento-na-construcao-civil/

Imagem: https://blog.me.com.br/construcao-civil/

obra parada

Como evitar obra parada

Quase sempre o problema da obra parada está relacionado a erros de planejamento, que resultam em uma gestão deficiente e geram perda de receita.

Mão de obra parada é resultado da falta de material, que é gerada por um orçamento defasado, alteração de projeto e falha no processo de compras. A causa também pode ser a má utilização do material da construção.

Se a quantidade requerida não seguir o previsto no orçamento, acarretará material não utilizado, que pode depreciar ou virar entulho. Por outro lado, se a quantidade for inferior ao necessário, uma segunda compra para pequena quantidade pode resultar em preço unitário mais caro.

Para economizar na construção civil, você tem que pensar no estoque. Um estoque cheio significa comprometimento de dinheiro antes do necessário, o que pode afetar outros pagamentos ou aplicações.

Dicas para amenizar as perdas com materiais:

  • Prepare-se para dias de chuva e tenha sempre um plano de ações em locais cobertos. Se a obra for totalmente exposta, considere uma margem de erro no tempo previsto em caso de chuva;
  • Garanta que os materiais e equipamentos sejam transportados corretamente pelo canteiro e evite deslocamento de material em longos trajetos;
  • Programe as compras necessárias para toda a obra;
  • Lembre-se de que comprar tudo de uma vez pode reduzir o custo de compra, mas a compra em etapas pode reduzir o desperdício com mudanças de projeto;
  • Busque melhorar a gestão de compras por meio de um sistema de gestão;
  • Integre o controle de estoque ao planejamento de atividades;
  • Embora os atrasos nos projetos chamem mais a atenção do que quando estão dentro do cronograma, os profissionais da construção devem estar cientes dos diferentes graus de paradas não programadas nas obras e do que as causa, a fim de evitar o maior número possível delas;
  • Algumas paradas de construção simplesmente não podem ser evitadas, mas os danos que elas causam podem ser mitigados com o planejamento adequado, comunicação e aplicativos de software. Outra alternativa é contar com um parceiro com experiência no ramo;
  • Quando as empresas de construção civil estão preparadas, os atrasos se tornam mais curtos e menos frequentes, ajudando-as a permanecer no prazo e dentro do orçamento. Por sua vez, quanto mais dentro do cronograma seu projeto está, seu ROI aumenta e sua empresa tem mais tempo e recursos para ganhar mais trabalho.

 

Fonte: https://www.sienge.com.br/blog/9-dicas-para-economizar-na-construcao-civil
http://enecengenharia.com.br/blog/paradas-nao-programadas-nas-obras-industriais
Imagem: https://drupalelephant.com/demo_construct/?q=node/6