arquitetura-min

Impressoras 3D na construção cívil

As impressoras 3D podem desenvolver a criação de objetos dos mais simples até os mais complexos, por isso a sua utilização tem se tornado cada vez mais comum. Para se construir uma edificação, por exemplo, existe a possibilidade de, além de se reduzir os custos, diminuir também o tempo necessário para a construção.

3

Os objetos são impressos, camada por camada, a partir de pedaços de materiais — da mesma forma que a impressora comum cria imagens a partir de pontos de tinta, a diferença é que a impressora 3D imprime em três dimensões.

Recentemente a empresa norte-americana Apis Color desenvolveu uma máquina de impressão 3D que contém um braço robótico e é capaz de imprimir uma casa de 38m² por menos de 10 mil dólares e com durabilidade superior a meio século. Esta tecnologia está em constante evolução e estima-se que em poucos anos já exista a possibilidade de produção em larga escala de casas populares utilizando impressoras tridimensionais.

A tecnologia inovadora de impressão em três dimensões pode ser utilizada para a criação de placas de concreto ou outros materiais, e futuramente poderá ser empregada para construir um prédio inteiro ou qualquer edificação. A impressora não exige de tantos materiais para funcionar, com isso, o custo da obra se torna muito menor, e o que seria feito em uma obra tradicional, em mais de um mês, pode ser erguido pela impressora 3D em 24 horas.

Embora o uso da impressora 3D tenha evoluído, a logística, instalação e manutenção de uma impressora tridimensional no canteiro de obras, ainda exige um forte investimento em estrutura de apoio, treinamento de mão de obra e principalmente estudo para seu transporte e armazenamento. Ocorre também a limitação de altura dos empreendimentos e a necessidade de equipe de apoio para instalação de portas, janelas, e os elementos dos projetos de instalações, como eletrodutos e tubulações, uma vez que as impressoras tridimensionais imprimem a estrutura com aberturas, mas ainda não imprimem os demais componentes.

Drones na construção civil

Uso de Drones na construção civil

A utilização de drones já está presente em diversas áreas e agora também como uma inovação na construção civil. Optando por esse equipamento o profissional ganha simplicidade na realização de várias tarefas que antes eram proibitivas, inclusive a inspeção e o monitoramento em construções com áreas de difícil acesso.

Como exemplo de aplicação podemos ter o trabalho de inspeção, que costumam demorar semanas, com o uso dessa nova tecnologia o trabalho poderá ser realizado em apenas alguns dias. O mapeamento da área a ser construída é outro processo da construção que pode se apropriar de análises dos drones.

Drone_ConstrucaoCiviZvOJGEAFp

 

O uso na construção civil tem se tornado uma solução cada vez mais comum, barata e prática para auxiliar o planejamento e a execução de obras, a sua utilização tem transformado o setor de construção civil. O drone não vai substituir os métodos técnicos de análise e medição e muito menos a presença humana mas já é como um grande suporte para entender distâncias, simular alterações e verificar números.

Uma grande vantagem é o monitoramento, pois o mesmo pode ser usado diariamente para percorrer vários andares em construção com objetivo de monitorar algumas questões como o uso de equipamentos de segurança, evolução do trabalho e utilização consciente de recursos. É possível usar este mesmo processo para acompanhar a evolução da obra pois assim terá uma noção melhor do cumprimento de prazos.

utilização-de-drones-na-construção-civil-denissegeler_construction_1024-1024x683-759x500

Um bom uso do drone também ocorre no pós-obra, pois os dispositivos economizam muito tempo e dinheiro na hora de inspecionar o local em busca de possíveis problemas elétricos,infiltrações e rachaduras. Essa mesma capacidade de geração de imagens server para a publicidade no caso das construtoras, ou seja, uma forma de divulgação do trabalho pois mostra todo o processo por começar da filmagem do terreno, do progresso da obra e da construção pronta,assim contendo uma quantidade de materiais que irá convencer os clientes sobre a qualidade do trabalho.

Fontes:

https://evotto.com.br/blog/como-evitar-acidentes-de-trabalho-na-obra-previna-se/

https://www.globaltec.com.br/2018/12/25/drones-na-construcao-civil-para-otimizar-obras/

Jason Forsyth, Computer Engineering Ph.D. student, with a hard hat he has equipped with a personal carbon monoxide sensor to monitor individuals' exposure.

Sensores vestíveis: inovações que podem ajudar no setor de construção civil

A tecnologia vestível é bastante recente aqui no Brasil, mas já promete resultados promissores na construção civil. Empresas dos Estados Unidos já colocam sensores inteligentes nas roupas dos trabalhadores para obter ganhos em segurança.

Quando instalados nos capacetes, por exemplo, esses sensores avisam quando acontece algum impacto. Há também os relógios de pulso, que atuam monitorando a temperatura corporal da pessoa e, por meio desse controle, evitam a exaustão térmica. Também é possível colocá-los nos arreios como forma de controlar o número de pessoas atuando em uma determinada estrutura. É emitido um sinal de alerta em caso de uma queda súbita.

É fato que ainda não temos muitas informações sobre ela. Mas já é possível ter uma dimensão das possibilidades de seu uso para aumentar o controle e a segurança dos trabalhadores em campo e evitar que acidentes aconteçam ou mesmo acelerar o processo de socorro, no caso de uma ocorrência.

A seguir, você confere algumas dessas inovações que chegaram para aumentar a segurança e a produtividade na construção civil.

Capacete Inteligente DAQRI

capacete inteligente

Com recursos de realidade aumentada, o visor instalado no capacete permite que o usuário enxergue, em tempo real, informações digitais que garantem rapidez, eficiência e segurança em diversas situações comuns no dia a dia dos profissionais da construção civil. É possível, por exemplo, comparar imagens e dados para confirmar se o funcionamento de equipamentos como válvulas e filtros está dentro das especificações recomendadas pelo fabricante, sem que o profissional precise recorrer a computadores, smartphones ou manuais impressos.

 

Coletes de Segurança Redpoint

O equipamento de segurança conta com um GPS integrado, que permite aos trabalhadores reconhecer o local de trabalho de maneira bem específica. Além disso, os funcionários que usam o colete são alertados instantaneamente ao entrar em zonas de perigo pré-definidas no canteiro da obra.

 

Óculos inteligentes XOEye

Equipados com uma câmera conectada à internet, estes óculos inteligentes permitem que os gerentes de obra possam monitorar sua força de trabalho e garantir que sejam produtivos, porque facilitam a comunicação efetiva para o cumprimento das tarefas. Além disso, os óculos também podem ser usados para escanear dados como códigos de barras.

 

Pulseira Myo

pulseira inteligente

A pulseira ultratecnológica lê os gestos dos braços dos usuários para transformar sua mão no controlador para uma série de dispositivos diferentes. Em conjunto com óculos inteligentes, permite se comunicar com colegas de trabalho e delegar tarefas. O controle de gesto é muito útil para trabalhadores da construção civil, que não têm tempo para remover luvas ou soltar equipamentos para operar outros dispositivos de comunicação.

Ternos de exoesqueleto biônico

Levantar cargas pesadas com muito menos esforço é o grande trunfo alcançado pelos ternos de exoesqueleto biônico. Com eles, os profissionais da construção civil têm menos riscos de sofrer lesões ao carregar peso.

 

 

Fontes: http:/planservice.com.br/noticias/post/121-sensores-vestiveis

http://www.aconteceimobi.com/3/sensores-vestiveis-uma-inovacao-tecnologica-a-favor-da-seguranca

https://helabs.com/blog/conheca-as-principais-tecnologias-aplicadas-a-construcao-civil/

(Fonte da imagem: http://cmfconstrucoes.com.br/2016/12/inovacao-na-construcao-civil/)